fbpx
Ex-polegar Ricardo Costa é preso por não pagar pensão alimentícia
O ex-polegar Ricardo Costa foi preso nesta terça (27/6) em Taubaté (SP) devido a uma dívida de pensão alimentícia de cerca de R$ 12 mil. O valor é referente a pensões atrasadas para o filho de 9 anos, que ele teve com a primeira mulher, que já havia sido negociado em março.
Na época, Ricardo pediu o parcelamento da dívida em até 20 vezes e se comprometeu a pagar o débito e a mensalidade da pensão. O ex-polegar deve ficar preso até que um novo acordo seja firmado entre ele e a ex-mulher.
Segundo a defesa da ex-mulher do músico, a Justiça foi notificada sobre o não cumprimento do acordo há cerca de 15 dias. Visto que Ricardo disse que pagaria a dívida após a venda de um foodtruck, anunciado por R$ 145 mil na internet, e isso não ocorreu.
Em abril, o músico pediu ajuda em um programa televisivo e alegou passar dificuldades financeiras. Na época, ele já havia colocado o automóvel a venda e declarou que tinha dívidas de aluguel e pensão alimentícia.
A prisão foi feita por volta das 7h30 da manhã desta terça na casa em que ele mora no bairro Jardim Ana Rosa. Ricardo Costa permanece detido no cadeião de Taubaté.
Fonte: correiobraziliense
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta