Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Ex-vice-presidente Marco Maciel está com a saúde fragilizada

0

Marco Maciel é ex-vice-presidente de FHC, ex-senador e ex-governador de Pernambuco

Há 50 anos Marco Antônio de Oliveira Maciel entrou para a vida político-partidária em 2016. O ex-vice-presidente do governo de Fernando Henrique Cardoso comemora cinco décadas de dedicação à vida pública e terá um documentário produzido pela TV Câmara, para comemorar a data.

O Jornal do Comércio conta que o estado de saúde do ex-senador está bastante fragilizado. Marco Maciel sofre de Alzheimer e tem evitado aparições públicas. Ele tem se dedicado aos cuidados e conta com o auxílio de Anna Maria Ferreira Maciel. Ele e a esposa completam 50 anos de casamento em 2017. “A vida inteira foi assim. Ele nunca me exigiu nada. Fiz e faço tudo por livre e espontânea decisão”, conta.

O pernambucado foi eleito deputado estadual em 1966, também já foi governador, senador, deputado federal, ministro e vice-presidente da República. Histórias e experiência de uma vida política que não pode ser contada em detalhes devido ao Alzheimer. “Ele está bem, mas é profundamente calado. Às vezes, chamo a atenção dele para algo na TV, mas ele não dá a menor resposta”, revela Anna Maria.

Em 2010 Maciel abandonou a vida pública, quando perdeu a eleição para o Senado. “Ele operou uma reclusão e foi para Brasília. A gente tentou ver se ele se interessava (pela política). Tinha uma fortaleza interior tão grande, sempre teve uma resiliência fantástica, mas estava muito abatido”, conta Gustavo Krause, afilhado político de Maciel, ex-governador e ex-prefeito do Recife.

Guilherme Codeceira foi assessor de Maciel por mais de 30 anos. Ele sempre acompanhou o ex-senador e acredita que o resultado das eleições de 2010 ditaram o futuro de Maciel. “Ele nunca comentou nada, mas acho que isso mexeu com ele, foi o grande trauma. Não diria pelo fato de deixar de ser senador, porque não tinha vaidade e apego ao cargo. Acho que ele sentiu ingratidão por parte do eleitorado porque fazia da política sua ação missionária e dedicou a vida ao Brasil e a Pernambuco”, opina.

“A gente tentava marcar um café da manhã e ele desistia”, revela Codeceira, que diz ter uma relação de “quase filho” pelos anos de convivência com o ex-senador.

FHC

A reportagem do Jornal do Comércio lembra que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) lançou recentemente dois livros de memórias e fez referências elogiosas, classificando Mauro Maciel como um vice “discreto” e “fiel”.

Comentários
Carregando