Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Executivos da Odebrecht devem delatar mais de cem políticos na Lava Jato, diz jornal

0

De Acordo com uma das fontes ouvidas pelo jornal, há pelo menos dez governadores e ex-governadores citados

O jornal O Globo desta sexta-­feira (29) ressalta que as negociações para a delação premiada de executivos da Odebrecht têm avançado bastante e os depoimentos previstos para o acordo começarão a partir de hoje. Serão 15 os depoentes. Os executivos da empreiteira, entre eles o ex­presidente Marcelo Odebrecht, apontaram nas negociações do acordo de delação mais de cem políticos como beneficiários diretos de desvios de dinheiro público, ou
como recebedores de outras vantagens, como repasses de verba para suas campanhas.

De acordo com uma das fontes ouvidas pelo jornal, há pelo menos dez governadores e ex­governadores citados: entre eles, governadores do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB); de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB); e de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT). Porém, não estão claras ainda as circunstâncias em que cada um deles aparece nas delações. Entre os vários ex­governadores, está Sérgio Cabral (PMDBRJ).

Desde o início da Operação Lava Jato, há mais de dois anos, os acordos de delação da Odebrecht são considerados os mais temidos pelos políticos.

Comentários
Carregando