Exonerado, Lula pode ser preso por Sérgio Moro nas próximas semanas

Após o afastamento de Dilma Rousseff, aprovado pelo Senado na manhã desta quinta-feira (12), os ministros da gestão da petista foram exonerados de seus cargos em uma edição extra do Diário Oficial da União. O nome do ex-presidente Lula aparece na lista, fora do cargo de Ministro de Estado Chefe da Casa Civil.

Como o ex-senador Delcídio do Amaral foi cassado, seu processo voltou para as mãos do juiz Sérgio Moro e Lula, que está no mesmo processo também foi para as mãos do juiz de Curitiba. Com isso, o ex-presidente pode ser preso a qualquer momento, caso seja necessário.
Também saíram do governo, Jacques Wagner, que era Ministro de Estado Chefe do Gabinete Pessoal da Presidente da República e Luiz Augusto Fraga Navarro de Britto Filho, Ministro de Estado Chefe da Controladoria-Geral da União.

Há alterações também na Secretaria Executiva da Casa Civil e na Subchefia de Análise e Acompanhamento de Políticas Governamentais da Casa Civil. José Eduardo Cardozo deixou o posto de Advogado Geral da União. Michel Temer afirmou que os novos ministros devem tomar posse ainda nesta quinta.

News Reporter
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta