fbpx
Facebook ajuda família a encontrar bebê perdido no ataque

Um post com mais 22 mil compartilhamentos foi essencial para que a mensagem do bebê perdido chegasse à pessoa que o encontrou em meio ao caos na França

Graças a postagens compartilhadas no Facebook, um bebê de oito meses e sua mãe se reencontraram após terem sido separados em meio ao caos do atentado dessa quinta (14) em Nice, na França. Foi o que noticiou nesta sexta (15) o jornal Global News, do Canadá.

Em uma série de mensagens desesperadas Facebook, Tiava Banner e Rebecca Boulanger – ambas residentes de Nice, de acordo com suas páginas do Facebook – pediam a ajuda do público para encontrar o bebê de seu amigo que foi perdido durante os ataques.”Perdemos bebê, 8 meses”, dizia uma mensagem postada por Banner. “Bom, amigos, se você o viu, se você esteve lá, se tiver recolhido, por favor contacte-me.”

O post, que incluía uma foto da criança, foi compartilhado mais de 22.000 vezes. Outro post que incluía uma descrição do carrinho de criança da criança foi compartilhada mais de 350 vezes.

  • Facebook vai priorizar post de amigo e familiar

Uma hora depois dos posts, Boulanger confirmou o bebê tinha sido encontrado seguro e os pais estavam a caminho para buscá-lo. “A senhora cuidou do meninos, eles estão a caminho para buscá-lo agora”, escreveu. “Obrigado Senhor !! com uma noite tão horrível, é um milagre que através de todo o compartilhamento no Facebook, ele foi encontrado”, agradeceu.

De acordo com Banner, a família da criança não quis ser entrevistada. “Obrigado Facebook a todos aqueles que nos ajudaram e enviaram mensagens de apoio”, escreveu ela. “Outros membros da família estão hospitalizados. Sem mais comentários. Obrigado pelo seu apoio.”

  • Facebook lança ferramenta de prevenção de suicídio nesta terça

Mais de 80 pessoas morreram durante o atentado, depois que um grande caminhão avançou no meio da multidão, deixando um rastro de corpos ao longo de mais de 100 metros.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta