Falta de salada e comida fria para presos geram notificação do TCE para empresa

A empresa Bandolin Fornecimento de Refeições Ltda tem o prazo de 15 dias para explicar ao Tribunal de Contas do Estado porque está descumprindo contrato firmado com o Governo de Rondônia para o fornecimento de alimentos para os presos do Urso Branco, em Porto Velho.

Segundo fiscalização do TCE, a empresa está fornecendo marmitex abaixo do peso contratado.

Além dessa irregularidade, o Tribunal constatou, também, que as refeições estão chegando aos presidiários abaixo da temperatura prevista no contrato, ou seja, frias. Uma outra irregularidade é o não fornecimento de salada.

A decisão estabelecendo o prazo de 15 dias para que a empresa apresente suas justificativas foi publicada nesta segunda-feira, 30, no Diário oficial do TCE.

As informações são do Tudorondonia

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta