Fazenda é invadida e completamente destruída no Pará; veja vídeo

Policiais informam que grupo com cerca de 60 pessoas invadiu e depredou a Fazenda Mutamba, localizada no sudeste de Marabá

A Polícia Civil do Pará investiga a invasão da fazenda Mutamba, em Marabá, sudeste do Pará. De acordo com os policiais, o crime ocorreu por volta das 7h da manhã de domingo (23), quando um grupo com cerca de 60 pessoas ocupou e depredou a propriedade. Segundo informações do delegado Alexandre Silva, da Delegacia de Conflitos Agrários de Marabá, a invasão teria sido uma retaliação após a Justiça ter determinado a retirada do grupo do local.

De acordo com informações do delegado Alexandre Silva, o grupo fortemente armado chegou a incendiar o local. Ainda de acordo com a polícia, os seguranças da fazenda foram surpreendidos pelo grupo, e não conseguiram evitr o incêndio. “Eles não tiveram como reagir porque era muita gente, só deu tempo de salvar as famílias que estavam no local. A intenção não foi ferir ninguém e sim destruir a fazenda”, dise o delegado.


Fazenda é depredada no Pará por painelpolitico

Peritos estiveram pela parte da manhã no local para averiguar os estragos causados. Parte da sede da fazenda, o curral e veículos foram destruídos. As investigações continuam e, até o momento, ninguém foi preso.

O vídeo foi enviado por um leitor de PAINEL POLÍTICO no Pará. A imprensa de seu Estado não noticia reportagens sobre corrupção, envolvimento de autoridades em crimes? Mande sua pauta que nós publicamos. Pode ser pelo e-mail [email protected] ou pelo whatsapp 69 99248-8911. Envie fatos com comprovação, documentos, processos, que a gente apura e publica.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta