Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Fecomércio-RO parabeniza o Governo do Estado pela participação na Feira Internacional de Cochabamba – Bolívia

0

Tratativas da compra de sal boliviano, foram discutidas em reunião na Fecomércio-RO

Uma comitiva rondoniense, comandada pelo Governo do Estado, está participando esta semana da Feira Internacional de Cochabamba, a Feicobol, na Bolívia. Um dos principais objetivos da Missão Rondônia-Cochabamba-Potosí, é efetivar o comércio de produtos como o sal, o peixe e o turismo entre os dois países.

O presidente da Fecomércio-RO, Raniery Coelho, lembra que o entendimento surgiu durante uma reunião realizada em novembro de 2015 na sede da FEGABENI em Trinidad, firmou-se o compromisso de integração comercial Rondônia/Bolívia, através da Inserção nas tratativas da MESA DA IRMANDADE, incentivada e apoiada pela Deputada Federal MARINHA RAUPP.

“Os empresários Bolivianos estavam interessados em comprar insumos e equipamentos para a pecuária, e queriam nos vender sal, alho e outros produtos. A lista de oferta ainda era pequena, mas a situação foi tomando uma proporção cada vez maior e hoje o comércio com a Bolívia já se tornou uma realidade viável para os dois lados”, lembrou Raniery.

No ano seguinte, a comitiva boliviana veio em maior número, mais organizada e interessada em expandir o comércio, participando de várias rodadas de negócio com a Fecomércio-RO e empresários na 5ª edição da Rondônia Rural Show, em Ji-Paraná. “Foi na Rondônia Rural Show que a parceria comercial se concretizou”, disse Raniery.

Outra ocasião importante desse processo de integração econômica foi o encontro de negócios realizado na Fecomércio-RO, este ano, ocasião em que a empresa Vitasal interessou-se pela compra do sal boliviano, tendo, inclusive, coletado amostras para análise laboratorial. “Foram questões decisivas para a criação de um intercâmbio econômico importante para Rondônia e a Bolívia”, avaliou Raniery.

FEICOBOL

A Feicobol vai até o dia 29 de abril, autoridades das áreas econômica e diplomática do Brasil e do país vizinho estudarão a possibilidade de iniciar mais negócios bilaterais em 2017. Atualmente Rondônia já exporta, arroz, para a Bolívia e o próximo produto a entrar na carteira de negócios é a carne bovina e o turismo.

“Um dos grandes entraves do turismo será o modal aeroviário, pois ainda não temos um voo direto do Estado até a Bolívia, em decorrência da falta de alfandegamento do aeroporto internacional da capital. No ano passado recebemos na Fecomércio-RO a visita de representantes da empresa Ecojet que estão interessados em criar rotas entre Porto Velho/Trinidad e Porto Velho/Santa Cruz”, disse Raniery Coelho.

Ao finalizar, Raniery Coelho destacou que a Fecomércio-RO tem tido papel de destaque nas ações do alfandegamento de cargas e passageiros do aeroporto internacional de Porto Velho e que é grande a possibilidade do projeto elaborado em conjunto com a Infraero sair do papel em 2017. “É outra ação que aguardamos efetivação por parte do Governo, pois já fizemos a nossa parte”.

Comentários
Carregando