fbpx
FGTS poderá ser liberado pra quem se demite

Reforma trabalhista já havia tornado possível o saque de 80% do valor

Senado aprova proposta (PLS 322/2016) que permite o saque integral do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) quando o trabalhador se demite.

Reforma trabalhista já havia tornado possível o saque de 80% do valor.

Projeto vai à Câmara se não houver recurso para nova votação em Plenário.

Veja abaixo os detalhes:

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta