fbpx
Fila causada por bloqueio de manifestantes pró-Dilma atinge 4 km

Os baderneiros da CUT e do Partido dos Trabalhadores que fecharam a BR 364 em Porto Velho, sentido Candeias do Jamari já conseguiram provocar uma fila de pelo menos quatro quilômetros de extensão em ambos os lados. E o “protesto” não tem previsão de encerrar.

Sem pauta definida e com dizeres que não fazem o menor sentido, como “o povo não é bobo, abaixo a Rede Globo” e “a tragédia de Mariana foi um crime”, eles simplesmente fecharam a rodovia na manhã desta terça-feira. Na verdade, o ato faz parte de um movimento organizado por grupos ligados ao PT na tentativa de criar uma convulsão social e tumultuar a votação do impeachment da presidente, que deve acontecer nesta quarta-feira pelo Senado Federal.

A Polícia Rodoviária Federal nada pode fazer, mas observa a movimentação. Existe uma expectativa de que, com o sol ficando mais forte, os “manifestantes” peguem o rumo de suas casas, já que pelo visto eles não trabalham, mas gostam de atrapalhar a vida de quem precisa da rodovia para ganhar o sustento.

Os baderneiros, por enquanto, estão apenas tonteando na rodovia, sem nenhum objetivo específico. Um caminhoneiro que está no local disse que eles devem estar esperando “o pão com mortadela” para liberar a estrada.

Baderneiros da CUT e do PT fecham a BR sem nenhuma pauta definida, apenas fecharam e pronto
Baderneiros da CUT e do PT fecham a BR sem nenhuma pauta definida, apenas fecharam e pronto
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta