Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Fiscalização encontra posto que vendia combustível com 70% de água misturada

0

Clientes alegaram que veículos apresentaram problemas mecânicos. Protesto de motoristas foi realizado no local após panes

Um posto de gasolina na Avenida Castelo Branco, bairro Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus, foi interditado nesta terça-feira (5), depois que consumidores fizeram um protesto contra a qualidade do combustível. Clientes alegaram que veículos apresentaram problemas mecânicos após terem sido abastecidos no local. A Agência Nacional de Petróleo (ANP) constatou gasolina misturada com água.

“Cheguei aqui para abastecer por volta das 7h. Depois que eu abasteci, andei 100 metros e o carro parou. Chamei o mecânico e ele constatou que tinham colocado água no carro. Quando eu voltei no posto já tinha bastante gente reclamando do mesmo problema”, disse o militar Alberto Souza, 59 anos.

Após as denúncias, fiscais da Agência de Petróleo foram ao local para apurar a irregularidade. O tanque com o combustível foi interditado e o posto autuado por comercializar combustível fora das especificações da ANP. O valor da multa será determinado após a conclusão do processo administrativo.

“Do posto de vista de qualidade foi terrível. Foi constatado que a gasolina estava fora das especificação devido à água, muita água”, disse Luciano Fernandes, coordenador regional da ANP. Segundo ele, o combustível verificado em uma das bombas continha 70% de água.

O Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM) foi acionado ao local, mas não encontrou irregularidades na quantidade de combustível abastecido nos carros.

G1/AM

Comentários
Carregando