Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Força Nacional atende famílias no Baixo Madeira

0

O grupo formado por 30 bombeiros da  Força Nacional de Segurança, que está em Porto Velho   desde a madrugada de  sábado foi  destacado nesta segunda-feira, 24, para atuar nos distritos de Calama e São Carlos.  Eles vão reforçar o efetivo que atende famílias desabrigadas pela enchente do rio Madeira, cujo nível atingiu a marca de 18,46 metros.

Segundo a Coordenação  da Defesa Civil  Estadual, até o momento  existem  1.123  famílias afetadas de  alguma forma pela enchente na região de Porto Velho, incluindo alojadas e desabrigadas. Em  Nova Mamoré e Guajará Mirim há mais 170  famílias nesta situação.

Como  parte das ações de enfrentamento ao impacto da enchente, a Defesa Civil Estadual está utilizando aviões da Força Aérea e do Governo Estadual para transportar mantimentos para os municípios de Guajará Mirim e Nova Mamoré,  onde  o abastecimento ficou comprometido a partir do momento em que  a rodovia BR 425, que liga os municípios ao resto do estado através da BR 364 foi interditado para o tráfego de veículos pesados.

Segundo o tenente coronel Demargli Farias, do setor de  Comunicações do Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil monitora o comportamento do nível das águas do rio Madeira e, ao mesmo tempo, equipes  trabalham com planejamento para cenários diferentes de modo que as famílias das áreas de risco tenham  atendimento correto.

Farias elogiou a forma como  a população do estado de Rondônia se mobilizou para doar alimentos e roupas para os desabrigados.  “Esta contribuição é fundamental para reduzir o impacto da enchente sobre as famílias”, acrescentou.

Doações

O tenente coronel Gilvander Gregório,  responsável pelo acompanhamento do atendimento realizado   nos alojamentos, destacou que há a necessidade de mais doações de água e alimentos, sobretudo para atender  as demandas dos distritos da região do Baixo Madeira,  onde as fontes de água foram contaminadas.

Gregório explicou que todas as doações realizadas para atender as famílias atingidas pela enchente são concentradas no Quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros, que coordena a distribuição conforme  as necessidades detectadas. Para  esse local convergem  todos os alimentos, roupas, água e medicamentos arrecadados. Ele lembra que há campanhas realizadas por órgãos públicos, empresas e até entidades particulares e que tudo o que é recebido vai para a central instalada no quartel do Corpo de Bombeiros.

Se alguém quiser fazer alguma doação e tiver dúvidas sobre o encaminhamento dos produtos, devem ir até o Corpo de Bombeiros. Quem necessitar de mais informações, pode telefonar para 3216 -8955, 3216-2928 ou 193.

Comentários
Carregando