fbpx
Fotógrafo é baleado em manifestação contra Charlie Hebdo no Paquistão

Um fotógrafo da agência France Press foi atingido por um tiro durante uma manifestação em Karachi, Paquistão, contra o jornal satírico francês Charlie Hebdo. Pelo menos outras duas pessoas ficaram gravemente feridas durante o protesto em frente ao consulado francês. O repórter fotográfico Asif Hassan foi transportado para o Hospital Jinnah, onde será submetido a uma cirurgia.

“A bala [projétil] atravessou o pulmão e saiu pelo peito. Hassan encontra-se em perigo”, disse à France Press, o porta-voz do hospital, Seemi Jamali.

A polícia paquistanesa afirma que o disparo foi feito por um dos manifestantes. Já alguns participantes do protesto acusam os policiais de terem disparado contra o grupo. Não foi possível checar as versões com fontes independentes. É certo, contudo, que para acabar com o protesto, as autoridades paquistanesas atiraram, lançaram granadas de gás lacrimogêneo e utilizaram jatos de água para intimidar e dispersar a multidão.

As manifestações contra o periódico foram convocadas por partidos islâmicos paquistaneses ofendidos com a publicação de novas caricaturas do profeta Maomé na última edição doCharlie Hebdo – a primeira após os ataques da semana passada, no qual 12 pessoas foram assassinadas.

Outros protestos contra o jornal já foram registrados em outras cidades paquistanesas como a capital, Islamabad, e Multan, onde uma bandeira francesa foi queimada durante a manifestação.

 

Fonte: EBC

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta