Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Funcionário do BB demitido por denunciar crimes receberá R$ 250 mil

0

Demitido após denunciar crimes supostamente cometidos por altos funcionários do Banco do Brasil, um ex-empregado do banco conseguiu que a Justiça do Trabalho revertesse a demissão por justa causa em dispensa imotivada, resultando em uma indenização por danos morais de R$ 250 mil.

No entendimento do TRT (Tribunal Regional do Trabalho), era inaceitável que um trabalhador fosse dispensado por justa causa (mau procedimento e indisciplina) por ter denunciado ao Ministério Público Federal diversos crimes cometidos por parte da direção, gerentes e empregados do banco contra milhares de clientes, funcionários e a sociedade em geral.

O TRT assinalou também que apenas um pedido de informações ao trabalhador não caracteriza, por si só, oportunidade de defesa dos seus direitos. “Além disso, não foi permitida extração de cópias do dossiê de inquérito nem esclarecidos os fatos questionados pelo empregado.”

Por fim, o representante do BB, ao informar as condutas que motivaram a justa causa – divulgação de informações sigilosas e de endereços de funcionários ao Ministério Público Federal, além de divulgações para ex-funcionários -, não soube indicar “quais informações sigilosas teriam sido objeto de quebra de sigilo ou de regra de conduta, nem mesmo a quais ex-funcionários teria o bancário divulgado informações internas.”

Comentários
Carregando