Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Funcionário invade quarto de hotel da rede Ibis e estupra hóspede

0

Funcionário confessou crime, segundo a Polícia Civil de Paulínia.
Vítima fez o reconhecimento dele e delegado diz que pedirá preventiva

A Polícia Civil usou imagens internas do Hotel Ibis, em Paulínia (SP), para identificar o funcionário suspeito de estupro de uma hóspede na madrugada de sábado para domingo (17). A prisão preventiva dele deve ser pedida ao fim do inquérito policial.

De acordo com o delegado Rodrigo Luís Galazzo, as imagens mostram o suspeito entrando no quarto com uma chave mestra. Depois de alguns minutos, ele sai do local correndo.

Durante o depoimento, o suspeito negou as acusações, mas depois de ver as imagens fez a confissão, informou o delegado responsável pela investigação.

“Ele confessou a prática de estupro e alegou que o praticou porque teve vontade de praticar relações com a vítima”, disse o policial.

Após o depoimento, a vítima fez o reconhecimento do suspeito. Ele permanecerá preso até o julgamento, por se tratar de crime hediondo. Se condenado, poderá cumprir de seis a dez anos de prisão.O hotel informou que colabora com as investigações.

O Caso
Um funcionário do Hotel Ibis, em Paulínia, foi preso no domingo por suspeita de estupro de uma hóspede. De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava hospedada com o namorada e ambos tiveram uma discussão. Ele deixou o quarto após três funcionários irem ao local para verificar o que estava ocorrendo. Depois que todos saíram, o funcionário detido voltou ao quarto com uma chave mestra e praticou o crime, segundo as investigações.

Comentários
Carregando