Funcionários do Theatro Municipal do Rio fazem protesto contra salários atrasados

Os funcionários do Theatro Municipal do Rio faziam um protesto contra os atrasos de salários na manhã desta terça-feira (9). A manifestação acontecia nas escadarias do Municipal e contava com integrantes da orquestra sinfônica, do coro e do corpo de baile da casa. Segundo o sindicato que representa a categoria, o salário de fevereiro foi o último pago.

“Chegamos a um ponto no qual os funcionários sequer têm dinheiro para vir trabalhar. Muitos estão endividados e precisam pedir dinheiro emprestado para comprar comida”, disse o presidente do Sindicato dos Funcionários do Theatro Municipal, Pedro Olivero.

Bailarinos, coro e orquestra do Municipal faziam a apresentação de obras de Beethoven, Orff e Bizet no Centro do Rio. O evento atraiu uma multidão às escadarias do Theatro, o que interrompeu o trânsito na Rua Evaristo da Veiga.

Funcionários do Theatro Municipal fazem manifestação no Centro do Rio (Foto: Carlos Brito/ G1)
Funcionários do Theatro Municipal fazem manifestação no Centro do Rio (Foto: Carlos Brito/ G1)

Devido à situação financeira, muitos espetáculos, como ‘O lago dos cisnes’, de Tchaikovsky, precisaram ser cancelados. A ópera ‘Norma’, de Vincenzo Bellini, precisou ser transformada apenas em concerto. Outrativeram que ser adiadas para o segundo semestre.

O corpo de funcionários do Theatro Municipal é formado por 550 pessoas, entre artistas e técnicos. O orçamento anual da casa é de R$ 50 milhões – sendo R$ 2 milhões dedicados à folha de pagamento.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Cultura informou que negocia auxílio federal para resolver a situação.

Grupo se reunia em frente ao Theatro Municipal, Centro do Rio (Foto: Carlos Brito/ G1)
Grupo se reunia em frente ao Theatro Municipal, Centro do Rio (Foto: Carlos Brito/ G1)
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário