fbpx
Fundador de farmacêutica canadense Apotex e esposa morrem estrangulados

O fundador da farmacêutica canadense Apotex, Barry Sherman, e sua esposa, Honey Sherman, morreram estrangulados no último dia 15 na sua casa de Toronto, informou a polícia local neste domingo (17).

A autópsia realizada neste fim de semana revelou que a causa da morte de ambos foi um estrangulamento, acrescentou a Polícia em comunicado.

O departamento de Homicídios da Polícia se encarrega da investigação do caso, e pediu a colaboração dos cidadãos para a conclusão da apuração.

Corpo é retirado da mansão do empresário Barry Sherman (Foto: REUTERS/Chris Helgren)

Os corpos de Sherman, de 75 anos, e de sua esposa, de 70, foram achados no dia 15 de dezembro na piscina coberta da mansão do casal por um agente imobiliário, segundo revelaram fontes policiais ao jornal “The Toronto Star”.

Um porta-voz da Polícia de Toronto, o agente David Hopkinson, declarou em entrevista coletiva que “as circunstâncias das suas mortes parecem suspeitas”.

A Polícia indicou então que não se detectou uma entrada forçada na casa e que não procurava suspeitos.
A declaração da Polícia gerou conjecturas sobre as causas da morte do casal.

Vários jornais canadenses indicaram que a Polícia estava investigando as mortes como um caso de assassinato-suicídio, embora a família Sherman tenha emitido um comunicado no qual criticou as informações.
“Estamos assombrados e acreditamos que é irresponsável que fontes da Polícia tenham supostamente informado à imprensa de uma teoria que nem a família nem os seus amigos ou colegas acreditam que seja certa”, disse a família em comunicado.

Sherman fundou a Apotex em 1974 com apenas dois funcionários. Na atualidade, a companhia é o maior fabricante farmacêutico canadense e produz mais de 300 remédios genéricos.

Tanto Barry Sherman como a Apotex tinham estado envolvidos nos últimos anos em vários litígios judiciais com familiares e outras farmacêuticas.

A fortuna de Barry Sherman era considerada uma das principais do país, com um valor estimado de 4,8 bilhões de dólares canadenses (US$ 3,731 bilhões).

O casal era também um dos maiores filantropos do país, com doações a hospitais e grupos judaicos.

G1/ EFE

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta