FUP suspende paralisações, mas promete “grande greve”

A última e quarta proposta feita pela companhia foi rejeitada por diversas entidades sindicais.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP), maior entidade sindical do setor, suspendeu as paralisações da categoria para uma avaliação do movimento e das estratégias. A categoria informou que, posteriormente, haverá uma “grande greve nacional dos petroleiros por tempo indeterminado em todo sistema Petrobras”.

“Queremos dizer que estamos suspendendo o movimento na manhã desta segunda-feira (26), para fazermos uma avaliação das nossas estratégias. Temos certeza de que esse movimento que passou vai servir muito para a grande greve que está vindo por aí, não só pela garantia dos nossos direitos, como pela preservação da nossa empresa contra esses entreguistas de plantão”, disse o coordenador-geral da FUP, José Maria Rangel, em vídeo divulgado em redes sociais.

Na última quinta-feira, 22, a Petrobras protocolou pedido de mediação no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em meio ao impasse nas negociações do acordo coletivo de trabalho dos petroleiros. Em comunicado enviado aos empregados, a companhia disse que a decisão foi tomada “após avaliação de que o momento exige uma nova instância de negociação”.

A última e quarta proposta feita pela companhia foi rejeitada por diversas entidades sindicais que aprovaram indicativo de greve em algumas bases sindicais. Sindicatos filiados à FUP realizaram na semana passada assembleias para votar paralisações.

Fonte: noticiasaominuto

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta