Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Gari doou 80 mil reais nos últimos 30 anos para colocar 40 jovens na escola

0

O lixeiro de 56 anos disse ao jornal chinês Beijing Youth Daily que sua generosidade a longo prazo foi inspirada por uma experiência pessoal

Zhao Yongjiu, um gari de 56 anos de Shenyang, China, recentemente ganhou a internet depois que foi revelado que nas últimas três décadas ele ajudou a financiar a educação de ao menos 40 crianças pobres, doando a maior parte de seu salário mensal. Todos os dias, o bondoso trabalhador na limpeza e saneamento das ruas da cidade deixa sua casa em Shenyang, na Província de Liaoning, na China, às 4:30 da manhã e retorna às 21h.

Ele ganha um salário mensal de 2.400 yuans (uns mil reais), o suficiente para ter uma vida decente, mas ele de alguma forma consegue viver de forma mais humilde, doando o resto para crianças pobres, para que possam se dar ao luxo de ir à escola e ter uma educação adequada.

Ele fez isso pelas últimas três décadas e não planeja parar tão logo. Zhao estima que durante esse tempo ele doou cerca de 170.000 yuans (uns 78 mil reais), para bancar o estudo de ao menos 40 jovens e crianças desfavorecidas.

Em dado momento ele sentiu que precisava fazer ainda mais para ajudar as crianças. Foi quando decidiu vender sua única propriedade e mudou-se para uma quitinete alugada, pela qual ele paga uns 200 reais por mês, doando a maior parte de seus ganhos.

O lixeiro de 56 anos disse ao jornal chinês Beijing Youth Daily que sua generosidade a longo prazo foi inspirada por uma experiência pessoal. Em 1976, ele perdeu seu pai, e sua mãe se esforçou para colocar comida na mesa, mas eles conseguiram passar por esses anos difíceis com a ajuda de seus vizinhos, que muitas vezes faziam compras para eles. Impressionado com a bondade dessas pessoas, um jovem Zhao Yongjiu decidiu dedicar sua vida a ajudar os outros também.

Como dá para imaginar, a história de Zhao Yongjiu causou bastante impacto na mídia social chinesa, com a maioria das pessoas se declarando impressionada com sua generosidade, e alguns até mesmo chamando-o de um herói da vida real.

– “Se mais pessoas fossem como este velho varredor de rua, então o mundo seria um lugar melhor”, escreveu uma pessoa em Sina Weibo, a versão chinesa do Twitter.

As informações são do NextShark

Comentários
Carregando