Gerente da divisão da PlayStation na América Latina reclama dos altos impostos

Mark Stanley, gerente-geral da divisão PlayStation da Sony na América Latina fez uma publicação no PlayStation Blog Nacional, no qual ele apresenta um gráfico explicando todos os fatores que levaram o PS4 a custar R$ 3.999 e fala que, por conta do alto valor do console a empresa tem perdido dinheiro com a comercialização deste no Brasil.

De acordo com Stanley, apenas de impostos – que incluem taxas de importação, IPI sobre o preço de distribuição do console, PIS e COFINS sobre o preço de varejo, entre outros –  o comprador do PS4 pagará R$ 2.524 ou 63% do valor final de R$ 4.257. Então, para diminuir o valor e tentar conseguir mais compradores, a Sony aplica um tipo de desconto no qual tiram R$ 258 de cada console, fazendo com que a companhia perca dinheiro a cada unidade vendida no país.

Stanley critica a forma como os vídeo games são tributados no país em entrevista ao jornal Valor Econômico. Ele diz que o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) chega a 50%  no caso do PlayStation 4.

GRÁFICO

 

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário