Gleisi critica operação de busca e apreensão na casa de filho do Lula

Operação da Polícia Civil de busca e apreensão na casa de Marcos Lula da Silva, filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na cidade de Paulínia (SP), na terça-feira (10), para apurar “consumo de drogas e armas” é mais um exemplo da perseguição contra Lula e sua família.  Foi o que afirmou nesta quarta-feira (11) em Plenário a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).

Sem encontrar drogas ou armas na residência, os policiais foram embora levando laptops e documentos pessoais de Marcos da Silva. Segundo Gleisi, a operação se baseou em uma suposta denúncia anônima e sem base legal e não deveria ter sido autorizada pela Justiça.

De acordo com a senadora, a dinâmica da perseguição contra Lula e sua família aumenta conforme sobem as intenções de voto do ex-presidente para 2018.

“Não vamos ter limite nessa perseguição ao Lula e sua família? Dona Marisa não aguentou”, disse Gleisi ao lembrar a morte da ex-primeira-dama em fevereiro, depois de ter sofrido um acidente vascular cerebral hemorrágico provocado pelo rompimento de um aneurisma. Com informações da Agência Senado.

Fonte: noticiasaominuto

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta