Governistas comemoram antecipadamente decisões do TRE a favor de Confúcio

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Setores do Governo do Estado, especialmente assessores mais próximos do chefe do Poder Executivo Estadual, estão comemorando antecipadamente as decisões favoráveis do Tribunal Regional Eleitoral nos processos de abuso de poder econômico (durante as eleições de 2014)  ajuizados naquela Corte pelo Ministério Público Eleitoral e coligações adversárias contra o governador reeleito Confúcio Moura (PMDB) e seu vice, Daniel Pereira (PSB), por conta de supostos ilícitos praticados nas eleições passadas.

Por enquanto,  o TRE julgou apenas um desses processos – que trata da distribuição de camisetas durante a campanha eleitoral – e a decisão foi francamente favorável a Confúcio Moura.

A Corte já iniciou o julgamento de uma outra ação, desta vez sobre farta distribuição de comida e guloseimas durante a convenção do PMDB que referendou o nome de Confúcio para disputar a reeleição.

Fartamente documentada, inclusive com fotografias, a ação deverá retornar à pauta a partir das 11 horas desta quinta-feira, pois está com pedido de vista, e os assessores do Governo não tem dúvida sobre seu desfecho. Um deles, em tom de euforia, arriscou um palpite na noite desta quarta-feira , num bar da calçada da fama, em Porto Velho: “6 a zero”. Entre um gole de uísque e outro, ele justificou: “Não é tanto uma certeza jurídica, mas uma questão de tendência”.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta