• Homepage
  • >
  • Brasil
  • >
  • Governo brasileiro entrega identidade de espião da CIA

Governo brasileiro entrega identidade de espião da CIA

A CIA é bastante conhecida por suas lambanças mundo afora. Execução de operações que não deram certo recheiam os filmes e mostram que muitas vezes o problema nem é do espião, mas dos chamados “fatores externos”. E foi isso que aconteceu pelas bandas brasileiras esta semana.

A agenda do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional do Brasil, general Sergio Etchegoyen entregou o encontro do ministro com um agente da Central de Inteligência Americana (CIA).

No dia 9 de junho, Etchegoyen se encontrou com Duyane Norman, “traído” pelo governo: “Chefe do Posto da CIA em Brasília”.

Em seu Linkedin, Norman aparece apenas como “political officer” no Departamento de Estado Americano, que aliás é o disfarce que os espiões sempre utilizam.

Dada a descrição de seu posto na internet e a escassez de informações sobre Norman, é natural imaginar que ele gostaria de permanecer desconhecido. Afinal, é prerrogativa de função todo “espião” permanecer anônimo.

Com a “escorregada” do governo brasileiro, Norman terá que amargar uma atividade burocrática em Langley (VA), já que o mundo inteiro agora sabe que ele é espião. Coisas do Brasil…

Agenda que “vazou’ entregou espião americano

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Anterior «
Próximo »

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

  • twitter
  • googleplus

Deixe uma resposta

Direto de Brasília