Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Governo Confúcio ignora audiência no TRT para tratar de greve; nem intimação respeitam mais

Audiência esta marcada para a tarde desta sexta-feira, no TRT, em Porto Velho

0

Estavam intimados a comparecer em audiência na tarde desta sexta-feira, o secretário chefe da Casa Civil Emerson Castro, a presidente da Caerd, Iacira Azamor, o Procurador Geral do Estado Juraci Jorge da Silva além do Secretário George Braga, para tratar da situação desesperadora que se encontram os servidores da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia – Caerd.

Durante a audiência, a cada proposta do Sindicato o representante da empresa interrompiam para que os procuradores pudessem ligar para Iacira Azamor e ver se ela tem interesse.

A desembargadora mediadora, Maria Cesarineide de Souza, por protocolo liberava as ligações, mas ficou um clima de insatisfação dentro do ambiente, em função do total desinteresse da presidente da empresa em não comparecer as audiências da Caerd, para tratar e tentar dar resolução ao conflito e a greve que vai chagando ao vigésimo dia.

Durante a negociação o diretor Financeiro da Caerd disse que a proposta apresentada pelo sindicato é boa, mas que tem que passar pelo crivo da diretoria e do Conselho Gestor, haja vista que ele não tinha autorização para aceitar tal acordo.

Aliás, o Diretor Financeiro foi exonerado no ultimo dia 04 de Novembro, por determinação judicial, e portanto, não deveria estar presente na audiência, sequer em representação da Caerd, mas em Rondônia a coisa é meio assim.

Os membros do Conselho e a Presidente foram intimados a comparecer, porém só compareceu um procurador do Estado, representando o estado e o Ex-diretor Financeiro, que não tem autonomia para fechar acordos e está exonerado.

Por essas e por outras que dá para perceber o descaso com os rumos da empresa.

 

Matéria atualizada em 24/11/2017 às 18:19

 

Comentários
Carregando