fbpx
“Governo da Cooperação acabou com todos os projetos agrícolas do Estado”, diz Cassol

O senador Ivo Cassol (PP-RO) criticou durante discurso na tribuna do Senado, na última quarta-feira, 16, o desmonte pelo atual “Governo da Cooperação” dos programas
agrícolas implantados para beneficiar o povo de Rondônia e aumentar a produtividade do Estado.

Cassol alertou que vários projetos foram extintos.  “Quando fui Governador de Rondônia, de 2003 a 2010, implantei o projeto Inseminar, Pró-Leite sob o comando do
Deputado Luiz Cláudio, Secretário de Agricultura na época, e nós conseguimos elevar de 800 a 900mil litros de leite por dia para quase 3 milhões de litros de leite por dia.

Mas, infelizmente, o atual governo que está lá acabou com tudo. Como é que você quer aumentar a produção em cima do mesmo rebanho? Você tem que ter geneticamente gado de qualidade, mas acabaram com todos os projetos. Acabaram, inclusive com o Programa Horas Máquinas, que fornecia maquinário para os agricultores, acabaram com a distribuição de semente de milho, acabaram com a distribuição de semente de feijão, acabaram com a distribuição de semente de arroz. Isso é um absurdo”, protestou Cassol.

O senador destacou a atuação da Emater, que na época tinha recursos, estrutura e pessoal para ajudar aos agricultores. Hoje o órgão está desmantelado e com servidores desmotivados.

Ivo Cassol também ressaltou o sucateamento da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia. “O Idaron hoje está quebrado, falido, com falta de recursos, com falta de estrutura. Esse é o nosso Estado. Precisamos de novos investimentos, de uma nova gestão que recupere o progresso e o desenvolvimento”, concluiu, Cassol. ​

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta