Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Governo da Cooperação impede professores de comer merenda das escolas

0

A professora de uma escola estadual em Vilhena reclamou pelo Facebook sobre uma decisão recente da Secretaria de Estado da Educação de Rondônia que mostra o desprezo do governador Confúcio Moura (PMDB) pelos servidores do segmento.

A cópia de um ofício assinado pelo representante da Seduc no Cone Sul, professor Edson Nogueira, atesta que a atitude anunciada no comunicado oficial mais parece uma provocação do que uma medida para cortar gastos nos colégios da rede estadual.

Conforme o documento , os professores ficam proibidos de consumir a merenda comprada para ser servida nas escolas ao público estudantil. Quem quiser lanchar deve pagar à cantina pelo que vier a consumir. Nos estabelecimentos de ensino maiores, que têm cantinas terceirizadas, a direção compra os ingredientes e pelo menos café os professores podem tomar. Nos menores, nem isso.

No ofício que anuncia a medida, Nogueira esclarece que a decisão foi tomada porque o repasse do governo federal para o custeio da merenda é insuficiente. Ele até orienta os diretores a explicar num telão o quanto é recebido em verbas e o montante que seria necessário para montar o cardápio dos estudantes.

Mas a professora que denunciou o caso rebate. Grande parte da merenda deixa de ser consumida pelos alunos e vai parar no lixo. “A gente às vezes pegava apenas uma fruta, que normalmente os estudantes não comem, mas agora estamos proibidos”, desabafa a educadora, acrescentando que o consumo dela e dos colegas era mínimo e não representava praticamente nada na despesa. Agora, os alimentos que sobrarem vão para o lixo e nem as sobras a categoria que o governador tanto prometeu valorizar pode usar para o lanche.

Fonte: Folha do Sul Online

Comentários
Carregando