Governo ia direcionar licitação de marmitas dos presídios para Fernando da Gata

Em depoimento envolvido no escândalo da Operação Apocalipse, o ex-colaborador da campanha de Confúcio Moura (PMDB) em 2010, Fernando Braga Serrão, o “Fernando da Gata”, garantiu em depoimento judicial que o cunhado de Confúcio, Francisco de Assis Moreira Oliveira negociou com ele o apoio financeiro para as eleições daquele ano e em troca, teria os contratos referentes a fornecimentos de marmitex nos presídios da Capital. “Fernando da Gata” já havia revelado o esquema e confirmou tudo em juízo gravado em vídeo.

Segundo “Fernando da Gata”, para a eleição do governador em 2010 ele investiu mais de R$ 1 milhão em dinheiro e serviços. Negociou com o cunhado e teve garantias. “Havia um acordo político feito com Assis, cunhado do governador. Em troca disso eu receberia uma compensação sim, receberia o contrato dos marmitex, fornecimento dos presídios. Era essa parte do acordo”, disse em depoimento.

O juiz o questiona: “perai deixa eu ver se entendi: o contrato do marmitex fornecido pro presídio isso seria seu? O senhor tem uma empresa de fornecimento de alimento?”, pergunta. “Eu ia adquirir a empresa”. O juiz insiste. “O senhor sabe que isso demanda uma licitação? Isso. Mas o senhor já seria o vencedor?. Isso mesmo. É isso que o senhor está me dizendo? ”, narra o magistrado. “É isso mesmo”, diz “Fernando da Gata”.

Apontado como um dos líderes de uma organização criminosa, “Fernando da Gata” sempre acusou Confúcio de ser o verdadeiro chefe do esquema. Ele havia falado sobre o assunto ao chegar a Rondônia em 12 de julho de 2013, após ser preso no Rio Grande do Norte. Na ocasião, disse que o líder do bando era o governante rondoniense. Na mesma época, outro acusado de pertencer a uma quadrilha, Alberto Ferreira Siqueira, o “Beto Baba”, deu novos detalhes, testemunhas e se comprometeu a fazer novas revelações ao Ministério Público também apontando corrupção na campanha de 2010 que elegeu Confúcio Moura Governador de Rondônia.

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Por favor, dê um like em nossa página no Facebook
Placeholder
Anterior «
Próximo »

Muryllo F. Bastos é advogado, editor do site e Painel Político. Natural de Vilhena.

  • facebook
  • googleplus

Deixe uma resposta

Direto de Brasília

Associado da Liga de Defesa da Internet