Grupo de noivos paga banda de casamento e não recebe serviço; polícia investiga golpe

Grupo afirma que pagou à vista e não terá o evento

Um grupo de noivos afirma ser vítimas de um golpe dado por uma banda de casamento em Fortaleza. O grupo foi até o 34º Distrito Policial, no Centro da capital, registrar Boletim de Ocorrência. As vítimas disseram que contrataram uma banda para o casamento, muitos até pagaram à vista, mas não conseguiram falar mais com os músicos.

Foi no casamento de uma amiga que os noivos Fernando e Priscila Ferreira conheceram a banda. O trabalho agradou tanto que, poucos meses depois, eles entraram em contato para um orçamento. Foi quando veio a oferta.

“Tinha um valor total, um valor inicial de R$ 4 mil. E na promoção ficaria em torno de R$ 2.500 mil. Depois fomos negociando e ai o valor ficou em torno de R$ 2 mil. Aí nós tínhamos um valor de R$ 1.800 mil e aí fechamos com esse valor”, explica o noivo Fernando.

Contrato fechado, os ensaios para festa que vai ser em outubro começariam mês que vem. Mas, desde de terça-feira, a Priscila Ferreira não consegue mais contato com a banda.

“Ai eu verifiquei em alguns grupos de noivas e comecei a ver que o cantor não estava mais atendendo ligações. Vi também que ele (a banda) havia excluindo os perfis das redes sociais e o contato de telefone no contrato e dando desligado. Todos os números”, disse a noiva.

Durante a noite, o plantão na delegacia do Centro foi movimentado. A todo momento, chegavam mais casais repetindo a mesma história. Todas as pessoas que vieram registrar o Boletim de Ocorrência. Na delegacia eles informaram que pagaram à vista pelo serviço. Depois de tentar contato por telefone ou redes sociais, alguns foram até o escritório do músico em busca de satisfação. Encontraram o imóvel desocupado.

A estudante universitária, Nayara Vieira, diz que a agenda do músico estava normal. Ela reforça ainda que ele cumpria todos os eventos e essa semana veio com a surpresa.

“Nós estávamos acompanhando nas redes sociais e ele realizava os eventos normais. Na semana retrasada tudo normal minha amiga falou. Parabenizando a banda. Minha cerimonialista informou que nesta semana se encontrou com a banda que ia casar próxima a data dela para passar a reunião dela passar as músicas e tudo normal e viemos com esta surpresa”.

A Vanessa Cordeiro e o Thiago agora correm contra o tempo. Faltam nove dias pro casamento deles. “Não estou acreditando no que aconteceu. Estava tudo certo. Porque não avisou? Nem para dar satisfação. Saber por terceiros é sempre ruim”.

E não são só noivos que estão apreensivos. A promotora de vendas, Keyla Portela, contratou a banda para uma festa de 15 anos da filha. Estava confiante já que o músico já era conhecido da família.

“Vou fazer o Boletim de Ocorrências (B.O), mas não sei. Minha festa, da minha filha, é em setembro. Mas tem novinha que vai casar neste mês. Meu evento é só em setembro e tenho que pensar numa solução mas sinceramente não sei”.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta