Haddad aprova grafite em patrimônio histórico de São Paulo

O prefeito Fernando Haddad (PT) autorizou e incentivou uma intervenção artística no local conhecido como Arcos do Jânio, sob o viaduto da rua Jandaia, no centro da capital paulista. O local – patrimônio histórico de quase cem anos – teve as paredes cobertas por grafites contratados pelo prefeito. “Sempre há alguns conservadores que não aprovam, mas eles serão convencidos que o grafite é uma realidade favorável a São Paulo”, disse Haddad neste domingo, em frente aos Arcos.
Os arcos foram construídos na década de 1920 e permaneceram parcialmente encobertos por cerca de 60 anos pelos cortiços erguidos no seu entorno. Em 1980, o local foi revitalizado pelo prefeito Jânio Quadros.
Os arcos são protegidos pelo patrimônio histórico municipal desde 2002 e precisam ser “integralmente preservados”, segundo o conselho municipal de preservação (Conpresp). O próprio órgão, porém, autorizou os desenhos nas partes internas do patrimônio.

De acordo com o especialista da USP em história da urbanização ouvido pelo jornal, Nestor Goulart, “a grafitagem é esteticamente interessante”. Porém, segundo ele, “a parede precisa ventilar. Certas tintas de grafite impedem a saída da umidade e podem causar danos à estrutura.”
Já Nadia Somekh, presidente do Conpresp, afirmou que, antes do grafite, as paredes já eram impermeabilizadas. Técnicos serão encaminhados ao local para verificar a situação.

Terra

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta