Homem consegue emprego após segurar papelão com pedido de ajuda por três dias em rotatória

Elton de Oliveira vai trabalhar como segurança de um mercado em Cabo Frio, no RJ

Sem emprego há meses, casado e pai de dois filhos, Elton de Oliveira, de 38 anos, quer logo que a segunda-feira (31) chegue para começar a trabalhar. Ele passou três dias em uma rotatória segurando um papelão com um pedido de ajuda em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio.

Após a oferta irrecusável, Elton agora se prepara para ser o mais novo segurança de um supermercado no bairro São Cristóvão.

A ansiedade vivida durante os quatro meses em que esteve desempregado, agora, se prende apenas ao início do trabalho. Elton afirmou que resta apenas receber o novo uniforme e esperar o primeiro dia.

“Cheguei em casa e minha esposa estava dando saltos de alegria. Agora vou conseguir ajudar em casa, poder pagar as contas. No início, vai ser um pouquinho apertado. Mas vamos dar a volta por cima”, garante Elton.

A contratação foi feita pela gestora de recursos humanos do mercado, Jacqueline Serpa. De acordo com a funcionária da empresa, a iniciativa aconteceu logo após a foto ser compartilhada.

“Recebi as fotos dele pelo Whatsapp. Eu pedi para a minha secretária agendar uma entrevista com ele. As pessoas começaram a falar dele. Ele fez toda a parte do processo seletivo e eu via que ele tinha perfil para trabalhar no setor de prevenções e perdas, como segurança. Aí ele se encaixou no perfil e já o encaminhei para fazer o exame para a contratação”, disse Jacqueline.

A nova função de segurança, de acordo com Elton, não chega a ser uma novidade, porém teve apenas uma experiência como segurança, mas nada “uniformizado” como ele mesmo define. Feliz da vida com a nova oportundiade de emprego, faz questão de agradecer a solidariedade recebida após ter a história divulgada.

“O povo foi muito solidário comigo. Muita gente me ligou parabenizando, fazendo doações, me abençoando. Só tenho que agradecer”.

A história de Elton

Elton tem dois filhos, de 17 e 4 anos, e saiu de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, em 2008 depois de perder tudo em uma enchente e vender o terreno para “tentar a vida” na turística Cabo Frio. O emprego mais recente dele tinha sido em uma pousada, de onde foi demitido em março deste ano. O filho adolescente também tenta uma oportunidade como jovem aprendiz.

“Sou roupeiro, mas trabalhei um pouquinho de tudo. Quero trabalhar dignamente e levar o sustento pra minha família. A gente olha pra dispensa, não tem nada. Olha pros filhos pedindo biscoito. Infelizmente, você se vê em uma situação que você vê a mulher precisando de algo, de uma roupa, você não tem condição de dar, e o casamento vai começando a ter discussões… não tem emprego! Seu filho pede banana, maçã e você não tem condições de dar, é preciso fazer alguma coisa”, declara, emocionado, Elton.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário