fbpx
Homem de 71 anos morre ao cair de uma altura de 30 metros fazendo parasailing; esposa filmou tudo

Australiano foi levado ao hospital, mas os médicos não puderam fazer nada para salvar sua vida

Na província tailandesa de Phuket, um australiano de 71 morreu depois de cair de uma grande altura na água quando se soltou do cinto que lhe sujeitava enquanto praticava “parasailing”.

Tudo ocorreu ante o olhar aterrorizado olhar de sua esposa tailandesa, que registrou o acidente com sua câmera. O homem foi levado ao hospital, mas os médicos não puderam fazer nada para salvar sua vida.

O vídeo é um exemplo de tragédia anunciada.

Ainda que os rapazes que vistoriam a atração parecem saber muito bem o que estão fazendo, algo resultou muito errado.

O cinto parece usar um tirante de perna semelhante ao utilizado pelos paraquedistas, mas ao que tudo indica não foi apertado o bastante, nem reafivelado uma segunda vez e, para piorar a situação, a cadeirinha não estava ajustada no lugar exato para a sustentação necessária ao homem.

O instrutor, que pode ser visto voando com o homem, e o lancheiro foram detidos por possível homicídio e serão investigados.

Ainda não se sabe se o homem morreu por causa da queda de 30 metros que lhe deixou fortes vergões na pele ou se como resultado do afogamento já que foi resgatado moribundo e com problemas para respirar, finalmente morreu no hospital.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta