Homem é preso após forjar doença do filho para arrecadar dinheiro

Um homem foi condenado a dois anos de prisão após fingir que seu filho estava doente para conseguir arrecadar dinheiro. Neil Jackson fingia ser proprietários de apartamentos e recolhia adiantamentos de potenciais inquilinos dizendo que precisava da quantia para ‘segurar’ o imóvel. Quando a data de mudança estava próxima, Neil cancelava os encontros, alegando que precisava cuidar do filho, que supostamente estaria com câncer.

De acordo com o site ‘Metro’, o enganador recolheu depósitos de mil a 2.700 libras de nove pessoas diferentes, totalizando uma quantia de 13 mil libras (cerca de R$ 54 mil). Segundo o site, um casal vítima de Neil ficou sem casa, e outro teve de se mudar para um trailer. Uma outra mulher precisou pegar dinheiro de amigos e vender bens pessoais.

Esta não é a primeira vez que Neil é detido por fraude. Em 2012, ele foi preso após juntar mais de 60 mil libras em doações de colegas de trabalho, alegando estar com câncer e que seu filho tinha paralisia cerebral. Posteriormente, foi descoberto que ele gastou o dinheiro passando férias em Las Vegas e no Havaí.

Fonte: odia.ig
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta