Homem é preso no DF ao tentar vender câmera furtada a antigos donos

In Polícia
Homem é preso no DF ao tentar vender câmera furtada a antigos donos
Espalhe essa informação

Casal viu objeto à venda em um site e marcou encontro com suspeito. Apesar de ser avaliada em R$ 23 mil, homem pedia R$ 8 mil pela máquina.

Policiais militares do Distrito Federal prenderam nesta quarta-feira (11) um homem suspeito de tentar vender, aos antigos donos, uma câmera fotográfica que tinha sido furtada em novembro. Segundo a corporação, o casal identificou o objeto em um anúncio na web, marcou encontro com o “vendedor” e acionou a PM, que deteve o homem na quadra 716 Sul.

Os donos da câmera informaram à polícia que o objeto estava anunciado em um site de venda de produtos usados, e tinha características bem semelhantes ao aparelho furtado. Ainda segundo o casal, o kit com câmera, lente e acessórios custaria cerca de R$ 23 mil no mercado “formal”, mas estava à venda por R$ 8 mil, o que também chamou a atenção dos denunciantes.

No momento da “emboscada”, o casal verificou detalhes da câmera e confirmou à Polícia Militar que o objeto era o mesmo que tinha sido furtado. Como não havia prova de que o mesmo suspeito tinha levado o equipamento, em novembro, ele deve ser indiciado por receptação de produto furtado.

Fonte: g1.com

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!

You may also read!

PM vai "blindar" casa de Temer e diz que impedirá bloqueios em vias de SP durante protesto

PM vai “blindar” casa de Temer e diz que impedirá bloqueios em vias de SP durante protesto

Espalhe essa informação “Não é a primeira vez que uma manifestação tem como destino a casa do presidente. As

Read More...
Na véspera da greve geral, Força Nacional desempacota bombas de gás em Brasília

Na véspera da greve geral, Força Nacional desempacota bombas de gás em Brasília

Espalhe essa informação As proximidades do Congresso também foram gradeadas nesta quinta-feira com objetivo de isolar a Câmara e

Read More...
Empresa da filha de Donald Trump é acusada de usar trabalho escravo

Empresa da filha de Donald Trump é acusada de usar trabalho escravo

Espalhe essa informação Semanas com 60 horas de jornada e pagamento de US$ 1 (R$ 3,18) por hora são

Read More...

Deixe uma resposta

Mobile Sliding Menu