Homem mata filho de policial civil e depois é assassinado

Morte foi motivada por ciúmes

O mecânico Francisco Junior Fernandes Moura, de 29 anos (FOTO), morador da rua São Miguel, no Cohab Floresta, zona Sul de Porto Velho, foi assassinado a facadas na madrugada deste domingo durante uma festa na rua Providência, bairro Fortaleza, na capital.

Junior, filho de um policial civil aposentado,  foi morto por José Cláudio Ponte Lima, também de 29 anos, que teria agido por ciúmes da ex-mulher, Adelma Joélia Nascimento Rocha, de 26, que também foi esfaqueada. Cláudio Ponte, segundo testemunhas, matou Junior porque este conversava com a ex-mulher do assassino.

A mulher   foi levada em estado grave para o hospital e pronto socorro João Paulo II. Cláudio Ponte, o matador de Junior, foi morto logo em seguida por homens desconhecidos. O assassinato de Cláudio Ponte aconteceu na rua Cara, bairro Lagoa, para onde ele havia fugido após matar Junior e esfaquear a ex-mulher.

Informações do Tudorondonia

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta