Homem que matou mãe e cachorros é considerado doente mental

In Judiciário
Assista o depoimento do homem que matou a mãe e 4 cachorros em Vilhena

Na delegacia o suspeito relatou a imprensa que não se arrependia de nada. E, havia cometido o crime para livrar a mãe de sofrimento.

Ivo Royer, de 49 anos, que no dia 7 de agosto de 2015, matou a própria mãe de 72 anos e quatro cachorros a facadas no quintal de sua casa, na Rua Domingos Linhares, no centro de Vilhena, foi considerado pela Justiça doente mental.

Com isso, Ivo não responderá por homicídio qualificado como foi denunciado nos autos do processo. Ele foi diagnosticado com depressão pós-esquizofrenia. Passará por tratamento médico por tempo indeterminado.

Na ocasião, o acusado após cometer os crimes, foi detido pela polícia e levado para o Hospital Regional pelo Corpo de Bombeiros, pois estava totalmente descontrolado. Para detê-lo, foi preciso que a polícia disparasse tiro de advertência, mesmo assim o homem partiu para cima dos policiais, sendo necessário usar da força para contê-lo.

 

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!

You may also read!

PF cumpre mandados em Curitiba e Rio em nova fase da Lava Jato

PF cumpre mandados em Curitiba e Rio em nova fase da Lava Jato

Espalhe essa informação Mandados foram expedidos pelo juiz Sérgio Moro e incluem ao menos um pedido de prisão no

Read More...

Coluna – Terceirização vai evitar casos como o do “chefe da xerox”, que ganha salário de R$ 32 mil

Espalhe essa informação E ainda, justiça deixa mulher de Cabral solta porque ela tem “dois filhos menores”. Reforma da

Read More...

Como sem-teto superou 9 overdoses e se transformou em magnata

Espalhe essa informação Khalil Rafati deu volta por cima após mergulhar no trabalho – e montou império de comida

Read More...

Deixe uma resposta

Mobile Sliding Menu