Homenagens a Iemanjá reúnem milhares em Salvador em festa no Rio Vermelho

Os festejos oficiais começaram ainda de madrugada e seguiram ao longo do dia sob sol forte e calor de mais de 30 graus Celsius.

Milhares de moradores de Salvador e turistas participaram hoje (2), em Salvador, das homenagens a Iemanjá, conhecida como Rainha do Mar no candomblé. Os festejos oficiais começaram ainda de madrugada e seguiram ao longo do dia sob sol forte e calor de mais de 30 graus Celsius.

A festa religiosa é organizada pela Colônia de Pescadores da Praia de Santana, no Rio Vermelho, onde fiéis e pescadores passaram a noite levando oferendas ao mar. Antes do amanhecer, uma imagem de 1,5 metro de Iemanjá chegou ao local carregada em um andor de madeira rodeado de flores e espaço para mais oferendas à homenageada.

A fila para entregar presentes a Iemanjá ia da Praia da Paciência à Praia de Santana, onde se concentram as homenagens, ao lado da Casa de Iemanjá e da sede da colônia de pescadores. A aposentada Irene Moscalenco esperou mais de uma hora para conseguir entregar as flores que levou para a entidade.“Venho aqui todos os anos, há muito tempo, e sei que ainda tem muito o que esperar, mas sei que vale a pena, porque tudo depende da fé. As flores que trago são em agradecimento, sempre, porque ela me concede muitas graças.”

Também em agradecimento, a jornalista Carla Aragão participou da homenagem ao lado da filha e do marido e também levou flores. Diagnosticada com endometriose, a jornalista temia não poder ter filhos e diz ter conseguido graças à fé. “Minha filha foi encomendada a Iemanjá. Há três anos eu vim pedir a graça da gravidez, no ano seguinte vim agradecer por estar grávida. No ano passado vim com a minha pequena nos braços, aos 4 meses. Este ano, retornamos juntos agradecer pela vida da nossa filha e pelo um ano e 4 meses ao lado dela. Fiz muitos pedidos a ela e agora só tenho agradecimentos”, disse, emocionada, a mãe de Maria Luna.

Fonte: Agencia Brasil

News Reporter

Deixe uma resposta