Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Hospital do Câncer de Cacoal (RO) recebe equipamento para aliviar dor de pacientes

Equipamento é importado da Itália e se chama Bemmer. Pacientes que passam por tratamento com quimioterapia e radioterapia serão beneficiados.

0

O Hospital oncológico São Daniel Comboni de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho, utiliza um novo equipamento para a fisioterapia. Importado da Itália, o equipamento que se chama Bemmer, ajuda a aliviar as dores crônicas provocadas pelo tratamento de quimioterapia e radioterapia, realizado em pacientes com câncer.

Um desses pacientes em tratamento, quem já começou a sentir melhoras com a utilização do novo equipamento é o agricultor Juvenil Rodrigues, de 71 anos. Quando ainda tinha 40 anos foi diagnosticado com câncer de próstata, e desde então vem lutando contra a doença, que já comprometeu sua mobilidade. Seu Juvenil passou pela primeira sessão com o equipamento Bemmer.

“Eu sinto dores em todos os lugares do meu corpo que tem osso, nos braços, pernas, ombro, em tudo. Tenho esperança que esse aparelho alivie essa situação”, conta Juvenil.

O fisioterapeuta Sebastião Coelho, responsável pelas sessões com o Bemmer, explica que o aparelho está sendo utilizado para melhorar a qualidade de vida dos pacientes. O fisioterapeuta explica que aliviar dores oncológicas não é algo simples e são sentidas por pelo menos 80% dos pacientes como câncer.

O equipamento foi adquirido através da Assdaco e custou mais de R$ 20 mil (Foto: Rede Amazônica/Reprodução)

“As pessoas que estão passaram por tratamento de quimio e rádio, e até os pós cirúrgicos sentem dores constantes. O equipamento trabalha a eletroestimulação, melhorando a circulação do paciente. É importante que os pacientes que utilizem o Bemmer não estejam fazendo quimioterapia quando passarem pelo tratamento fisioterapêutico”, alertou Sebastião.

O equipamento é o primeiro da Região Norte e foi adquirido por cerca de R$ 20 mil com dinheiro arrecadado em leilões e doações. De acordo com o presidente da Associação Assistencial a Saúde São Daniel Comboni (Assdaco) Claudemir Borghi, todas essas ações são promovidas através da associação.

“Nós recebemos recursos diretos para pagar funcionários, também existem os recursos indiretos que vem dos parceiros que doam periodicamente, além das festas, rifas, bingos e leilões para arrecadação, esses valores revertemos em melhoria para os pacientes, e esse equipamento de fisioterapia foi comprado através dessas doações indiretas”, explicou.

Fonte: g1/ro

Comentários
Carregando