fbpx
Hospital do DF emite receitas médicas fictícias para ‘Lula’ e ‘Elisa Samúdio’

A farmácia do Hospital Regional de Ceilândia, no Distrito Federal, emitiu receitas para pacientes fictícios com nome de personalidades peculiares: Luis Inácio da Silva, Elisa Samúdio, Paulo Maluf e José Dirceu. O caso foi divulgado pelo Bom Dia DF nesta quinta-feira (27).

Segundo a Secretaria de Saúde, as receitas foram assinadas por um médico residente – recém-graduado em especialização – “por razões que estão sendo investigadas” em procedimento administrativo.

“O profissional, portanto, existe, e seu carimbo não é falso, assim como não eram falsas as receitas.”

O médico emitiu dez receitas, seis com o nome de pacientes reais e quatro com nomes fictícios. “Ao perceber a irregularidade, a equipe de farmacêuticos não fez a dispensação dos medicamentos, que permaneceram no estoque”, informou a pasta.

O remédio que aparece em todas as receitas é o mesmo, a Dextrocetamina 50 mg, um anestésico que custa R$ 300 a caixa com 25 ampolas, segundo o governo. A secretaria informou à reportagem que as irregularidades foram detectadas nesta segunda-feira (24) e que nenhum dos anestésicos foram retirados do estoque da farmácia.

Imagem obtida pela TV Globo mostra receita médica emitida pelo Hospital Regional de Ceilândia, no DF, leva o nome de Elisa Samúdio no campo do ‘paciente’ (Foto: Reprodução)
Fonte: g1/df
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta