fbpx
Identificada mulher encontrada morta com sinais de estupro, em Macapá

Maria Passarinho, de 40 anos, saiu no domingo (2) para se divertir e não retornou para casa, informou a polícia. Vítima tinha sinais de pauladas na cabeça.

A mulher encontrada morta em um ramal do distrito do Coração, em Macapá, nesta segunda-feira (3) foi identificada como Maria Benedita Gomes Passarinho, de 40 anos, informou o Núcleo de Operações e Inteligência (NOI) da Polícia Civil (PC) do Amapá. Ela estava seminua e com marcas de agressão na cabeça, segundo a polícia.
“Ela saiu de casa no domingo (2), por volta das 22h, não disse para onde ia. Ela era acostumada a sair assim para se divertir, saia sozinha e ontem mais uma vez ela saiu e não voltou. Ninguém sabia onde ela estava e nem com quem estava”, explicou o delegado Alan Moutinho, do NOI.
Maria Benedita morava em área de periferia no bairro Jardim Marco Zero, na Zona Sul da capital. Ainda não se sabe quem matou a vítima e nem quais crimes foram praticados contra ela.
Ela tinha marcas de agressão pelo corpo, além de estar seminua. Ela pode ter sido vítima de estupro antes de ser morta, informou a Polícia Militar. O crime está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Crimes Contra a Pessoa (Decipe).
Fonte: g1/ap
Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta