Incontinência Fecal em Cães

A incontinência fecal em cães acontece porque o cachorro perdeu o controle dos seus intestinos, perdendo assim o controle da evacuação. As causas para a incontinência fecal em cães são muitas e ela pode causar desconforto, dor e outros problemas pro cachorro e pro seus donos. Para saber com certeza da causa da incontinência, é necessário levar o cachorro a um veterinário.

As causas mais comuns são lesões na espinha, no rabo, doenças que afetem as glândulas anais ou algum tipo de problema ou doença intestinal. A incontinência também é comum em cachorros muito idosos, já passando para a senilidade, devido ao enfraquecimento do músculo do esfíncter. Em alguns casos, a doença tem causas psicológicas/comportamentais.

Deve-se começar a se preocupar com o cachorro e a possibilidade dele estar sofrendo de incontinência fecal se ele começar a evacuar enquanto come, enquanto dorme, perto do local onde dorme, se ele antes sempre evacuava em lugares específicos e agora não o faz mais. Um veterinário pode dar remédios que irão diminuir a evacuação enquanto faz o diagnóstico das causas que levaram à incontinência.

Tratamentos

Os tratamentos possíveis vão depender muito da causa da incontinência fecal. Lesões na espinha e rabo devem ser tratadas de forma correta por um veterinário, o mesmo em relação às doenças intestinais. Recomendamos que o dono do cachorro que esteja sofrendo de incontinência fecal consulte um veterinário o mais rápido possível para o caso do problema vir junto de uma doença mais grave.

Em paralelo aos tratamentos para a causa da incontinência, o cachorro precisa passar por uma dieta especial para melhorar o funcionamento do intestino. Alimente seu cão com regularidade, dê alimentos ou rações com mais fibras e mais secas, e faça com que ele tome muita água. Em alguns casos, o cachorro pode precisar de reconstrução cirúrgica do anus ou de parte do intestino, quando acontece do intestino ser muito mais curto do que o normal.

Recomendações

Deixe seu cachorro mais tempo ao ar livre para não causar tanto incômodo a você e sua família; deixe seu ambiente mais calmo e relaxado, pois em alguns casos, a incontinência pode ser comportamental. Sempre dê muita água ao seu cachorro e não deixe de alimentá-lo com regularidade, mas preste atenção se você não está alimentando o cachorro demais. Caso você alimente seu cão apenas duas vezes ao dia e passe a dar mais comidas secas para ele, o cachorro irá defecar menos, com maior volume, o que é mais fácil de lidar.

Cuide bem do seu cachorro, procure um veterinário e siga suas orientações. Esse tipo de problema é um incômodo não só para você, mas também para o cachorro e muitos são sacrificados por causa desse tipo de doença, o que é uma pena, pois, muitas vezes o cachorro sofre de algum problema de saúde fácil de resolver, ou só precisa de uma cirurgia simples. O cachorro merece ser cuidado e não pode ser negligenciado ou colocado de lado quando vira um incômodo. Observe bem as causas da incontinência e procure um tratamento o mais rápido possível.

 

Fonte: PortalPets

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Anterior «
Próximo »

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

  • twitter
  • googleplus

Deixe uma resposta

Direto de Brasília