Invasão em site de relacionamentos pode ter causado três suicídios

O site de encontros extraconjugais Ashley Madison foi hackeado e clientes tiveram suas informações expostas

Subiu para três o número de pessoas que se suicidaram após a divulgação de dados do site de encontros entre pessoas casadas “Ashley Madison” por hackers na semana passada.

Segundo a polícia de Toronto, no Canadá, as investigações sobre os casos estão em curso e ainda é necessário confirmar a relação entre os suicídios e a difusão online das informações pessoais dos usuários que tiraram a própria vida.

A empresa Avid Life Media Inc, dona do site, está oferecendo uma recompensa de cerca de US$ 380.000 pela captura dos hackers, informou a polícia.

Os dados de até 37 milhões de contas de usuários do site incluíram endereços de e-mail de autoridades do governo norte-americano, servidores do Reino Unido e funcionários de corporações europeias e norte-americanas, levando temores já profundos sobre segurança na proteção de dados e segurança na Internet a um novo patamar.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário