Investigadores não encontraram sinais de sabotagem em avião de Teori

Quase um ano após o acidente que matou o ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, investigadores do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) não encontraram vestígios de sabotagem na aeronave que caiu no mar de Paraty (RJ).

A informação foi divulgada no Fantástico deste domingo (7/1).

De acordo com reportagem, as investigações não detectaram sinais de explosivos, produtos químicos ou de que tenha ocorrido um incêndio interno. Indícios de deformação na fuselagem, que poderiam indicar explosão, também não foram achados.

Por Teori, à época, ser o relator da Operação Lava Jato no Supremo, o acidente e suas circunstâncias foram recebidas com ceticismo e suspeita.

O filho do ministro, Francisco, chegou a postar nas redes sociais que a família já vinha, há tempos, recebendo ameaças e injúrias.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta