iOS 11.3 pode inutilizar telas de iPhones 8 substituídas por assistências técnicas não-autorizadas

O problema ainda não foi reconhecido pela Apple, no entanto, empresas de reparo e conserto de iPhones estão alegando que diversos aparelhos foram prejudicados depois do update

Há menos de duas semanas, a Apple liberou o iOS 11.3 para todos os usuários.

Essa, no entanto, não foi uma boa notícia para alguns proprietários de iPhones 8 que tiveram em algum momento a tela dos seus aparelhos reparadas por assistências técnicas terceirizadas. Sabe por quê? Depois da atualização, a camada touch desses dispositivos simplesmente parou de funcionar, de acordo com o site Motherboard.

O problema ainda não foi reconhecido pela Apple, no entanto, empresas de reparo e conserto de iPhones estão alegando que diversos aparelhos foram prejudicados depois do update.

Além disso, as lojas inferem que a Maçã é responsável por “matar” as funcionalidades dos iPhones que foram reparados em assistências terceirizadas — a fim de inibir o consumidor de realizar tais serviços com lojas não-autorizadas oficialmente —, já que essa não é a primeira vez que problemas similares são vistos: no ano passado, uma atualização de software também prejudicou o funcionamento de telas do iPhone 7 substituídas por essas empresas e, em 2016, o iOS 9.2.1 fez com que o iPhone 6 com o botão de Início (Home) não-original parasse de funcionar.

Para solucionar o problema é necessário realizar um reparo no hardware, no entanto, alguns usuários estão apostando em uma possível atualização secundária ao iOS 11.3 que corrija esse comportamento. O conserto no hardware diz respeito ao fato que o iPhone utiliza uma placa dedicada para o funcionamento do display, e as lojas técnicas acreditam que é nesse chip que o problema ocorre, já que, quando substituído, as telas desses dispositivos voltam a funcionar perfeitamente. A atualização é uma especulação com base nos acontecimentos anteriores supracitados, nos quais, apenas com o update, grande parte dos defeitos relatados eram solucionados.

A mesma discussão foi levada para os reparos feitos no iPhone X. Calma, eles não pararam de funcionar com a última atualização; todavia, Michael Oberdick, CEO de uma assistência técnica em Ohio (Estados Unidos), indicou que o conserto na câmera frontal pode fazer com que o Face ID possa parar de funcionar. Isso ocorre já que a câmera frontal está ligada à placa lógica que executa o comando dessa funcionalidade, logo, se a câmera for substituída, a função é perdida. De acordo com Oberdick, apenas a Apple pode fazer esse reparo sem que efeitos colaterais sejam notados no aparelho.

Mesmo não tendo um número de referência dos iPhones que foram acometidos pelo problema, estamos acompanhando os relatos e aguardando um possível posicionamento da Apple sobre o assunto.

As informações são do Cult Of Mac

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário