fbpx
Irmão de Bruno diz que viu o momento que Eliza Samúdio foi morta

Delegado da Polícia Civil do Piauí não descarta a possibilidade de Rodrigo Fernandes ter passado informações falsas

O irmão do goleiro Bruno, Rodrigo Fernandes, disse em depoimento à polícia do Piauí que estava presente no momento em que Eliza Samúdio foi assassinada. Ele também apontou o local onde os restos mortais das vítimas foram colocados. O depoimento, conforme destacou o jornal O Globo, foi colhido a pedido da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá, no Rio.

Entretanto, como informou o Extra, o delegado geral da Polícia Civil do Piauí não descarta que o irmão do goleiro tenha passado informações falsas.

“Particularmente, eu não vi o depoimento. Mas é necessário tomar muito cuidado em relação ao interesse dele em divulgar essa suposta localização. A gente precisa checar a fundo porque há a possibilidade da informação ser falsa”, disse Riedel Batista.

Já Polícia Civil de Minas Gerais, que investiga o homicídio de Eliza, disse que foi comunicada pela Civil do Rio sobre o depoimento do irmão do ex-goleiro do Flamengo e que está à espera da documentação para definir quais procedimentos serão tomados.

Eliza Samudio foi morta e corpo nunca foi encontrado. Bruno foi condenado como mandante do crime
Eliza Samudio foi morta e corpo nunca foi encontrado. Bruno foi condenado como mandante do crime

Rodrigo Fernandes indicou que os restos mortais de Eliza Samúdio estariam em uma cidade que fica no interior de Minas Gerais. O irmão de Bruno está preso desde setembro de 2015, por suspeita de estupro.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta