Nóbel Moura, médico em Ariquemes, cidade distante 200 quilômetros da capital, teve seu carro apreendido em uma blitz. Durante a abordagem disparou uma série de ameaças contra os policiais, entre elas a de que “entubaria pelo estômago” o PM. Ele disse ainda se [su_frame align=”right”] [/su_frame]considerar “superior” porque “ganha salário de R$ 40 mil” e por isso merece respeito. Também disse que seu trabalho “salva vidas” enquanto que o da PM é “atrapalhar vidas”.

As declarações foram filmadas por um celular e está circulando em redes sociais. Nóbel é conhecido por dar declarações polêmicas, inclusive contra seu irmão, o governador de Rondônia Confúcio Moura.

Assim como seu irmão, Nóbel já foi deputado federal por Rondônia e foi cassado por quebra de decoro parlamentar, ao agredir a socos a também ex-deputada federal Raquel Cândido, em maio de 1991. Ele também foi preso e condenado como mandante do assassinato do radialista Marinaldo Souza, de Machadinho do Oeste. Após ser condenado, Nóbel fugiu sendo preso posteriormente. Atualmente ele mora em Ariquemes onde administra um hospital da cidade. Veja o vídeo:

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta