fbpx
Isolado no PMDB, Mosquini prepara malas para embarque no PDT

Eleito usando a estrutura do Estado em uma campanha marcada pelos abusos eleitorais, Lúcio Mosquini deve desembarcar do PMDB e ingressar no PDT, de Acir Gurgacz nas próximas semanas. O PMDB vai ficar complicado para o parlamentar, que está cada vez mais isolado dentro do partido.

Mosquini, que chegou a ser preso na Operação Ludus logo após as eleições em 2014 acusado de ter superfaturado e direcionado a licitação das obras do Espaço Alternativo em um conluio com o ex-prefeito de Ouro Preto do Oeste, Alex Testoni, vem encontrando forte resistência dentro do PMDB, vez que suas relações foram “azedando” dentro da legenda.

Em 2018 ele não vai poder contar com a máquina do Estado e acredita que o senador acir Gurgacz poderá lhe dar o apoio e estrutura que precisa.

De olho no governo, Acir vem buscando alianças em todo o Estado.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta