Já se passaram 74 dias desde que professor foi esquartejado e crime segue sem solução

Já se passaram 74 dias desde que o professor universitário Elessandro Milan foi esquartejado e teve seus membros e cabeça colocados em uma bacia na cozinha de seu apartamento e a polícia ainda não elucidou o controverso e violento caso.

Em uma pagina de facebook, amigos e alunos lamentam a forma que o Elessandro foi assassinado.

A Delegacia de Homicídios continua nas investigações para prender os responsáveis.

Leia também:

Assassinato de professor segue sem prisões; diarista afirma que ele ‘tinha vários parceiros’

Polícia encontra corpo de professor universitário esquartejado em Porto Velho

Elessandro era professor de uma faculdade particular em Porto Velho, onde era bem quisto pelos alunos e funcionários. A vítima foi morta e esquartejada dentro da própria casa, localizada em um condomínio na zona leste. Nesta terça-feira (31), completaria 34 anos.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta