Jean Oliveira firma parceria com lideranças de Nova Califórnia

Parlamentar relatou às lideranças a sua atuação para o desenvolvimento daquela região

O deputado Jean Oliveira (PMDB) recebeu em seu gabinete, na Assembleia Legislativa, lideranças do distrito de Nova Califórnia, em Porto Velho, que vieram fazer reivindicações da comunidade ao parlamentar.

Irineu Antônio Hofstetter, um dos mais antigos moradores do distrito, seu Nemésio e Gildácio Rebouças, o Baiano, conversaram com o deputado sobre a atual situação de Nova Califórnia e solicitaram apoio para resolver vários problemas, que hoje são enfrentados pela população.

O deputado fez um breve relato sobre o trabalho que já vem realizando na Ponta do Abunã, região onde o distrito está geograficamente situado, dentre esses a solução para um possível confronto entre indígenas e pequenos produtores rurais. Foi realizada uma audiência pública da Assembleia Legislativa no local, que ajudou a chegar a um acordo entre as partes e agora, em dezembro passado, quando brigou para que não fosse retirada a residência do DER da Ponta do Abunã.

Irineu Hofstetter é uma das mais expressivas lideranças de Nova Califórnia, é pioneiro na região e foi um dos organizadores do movimento pró-emancipação do distrito em 2013, encabeçando e coordenando o abaixo-assinado que pretendia elevar o distrito à categoria de município.

As lideranças firmaram compromisso de levantar as necessidades da região e trazer para que o deputado tome as medidas adequadas, dentro das possibilidades, para solucioná-las.

Distrito

Nova Califórnia é um distrito do município Porto Velho, capital do Estado de Rondônia. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sua população no ano de 2010 era de 3.631 habitantes, sendo 1.876 homens e 1.755 mulheres, possuindo um total de 1.333 domicílios particulares.

Foi criado pela resolução nº 121, de 21 de novembro de 1985.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta