Jornal israelense antecipa nome de novo presidente do Banco Central do Brasil

O mais importante jornal de Israel, Yediot Aharonot, anunciou na edição de domingo que o israelense nascido em Haifa- Ilan Goldfein – será anunciado como novo presidente do Banco Central do Brasil.

Goldfein já atuou como economista-chefe do Banco Itaú, maior banco privado do Brasil, consultor do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional. Ainda segundo o Yediot Aharonot, Goldfein obteve seu PhD em economia pelo MIT. Ele é considerado um dos principais economistas e mais bem-visto no Brasil, trabalhou como professor sênior das melhores universidades e publicou muitos artigos.

Além de português, ele fala hebraico, inglês e espanhol. Ele tem família em Israel e faz visitas com frequência ao país. Goldfein estimou que para obter sucesso para sair da crise atual, o governo terá que tomar medidas impopulares, como aumento de impostos, cortes no orçamento e aumento da idade de aposentadoria, que atualmente está numa média de 50-55 anos, até 65 . “O problema é que em vez de enfrentar a realidade, a economia brasileira entrou numa fase de negação”, disse ele.

O presidente interino Michel Temer deve anunciar oficialmente o nome do novo presidente do Banco Central nesta terça-feira. Além de Goldfein, o nome cotado seria de Mário Mesquita, sócio do banco Brasil Plural.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta