Jornalista é condenado a 20 anos por matar mulher em igreja de MG

A Justiça de Minas Gerais condenou nesta quarta-feira (16/8) o jornalista Marcos Ferreira da Silva a 20 anos de prisão pela morte da empresária Simone Marca, 30. Ela foi assassinada a facadas durante missa na catedral de São José, em Ituiutaba, em outubro do ano passado.

O júri condenou Silva por homicídio triplamente qualificado e feminicídio. A defesa vai recorrer da decisão.

À época, em áudio encaminhado à polícia, ele confessou o crime. Antes, a vítima havia relatado a amigas e postado nas redes sociais  que vinha sendo ameaçada pelo réu, que não aceitava a separação após seis anos de relacionamento.

Fonte: metropoles.com

 

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta